Bolsa de Valores de Mocambique
CDM 200,00
CMH 800,00
CETA 120,00
EMOSE 20,00
ZERO 20,00
OT-2005-S2 8.00%
BCI-2009-Sub 17.1875%
MOZA-BANCO-2013-Sub 14.50%
CPC-2014-S1 22.75%
CPC-2014-S2 22.25%
OT-2017-S4 27.50%
Visabeira-2015 23.50%
OT-2015-S1 10.00%
OT-2015-S2 10.00%
OT-2015-S3 10.00%
OT-2015-S4 10.125%
OT-2015-S5 10.50%
OT-2015-S6 10.50%
STB-2015-S1 25.00%
STB-2015-S2 23.50%
STB-2015-S3 22.50%
BNI-2016-S1 19.75%
BAYPORT-2016-S1 27.25%
BAYPORT-2016-S2 31.250%
OT-2016-S1 11.00%
OT-2016-S2 12.75%
OT-2016-S3 19.1875%
OT-2017-S1 27.00%
OT-2017-S2 17.50%
OT-2017-S3 27.00%
Millennium-BIM-2017 18.00%
OT 2017 S5 27.50%
OT 2017 S6 24.00%
OT 2017 S7 24.00%
OT 2018 S1 19.00%
OT 2018 S2 10.00%
OT 2018 S3 10.00%
OT-2017-S5 27.50%
OT-2017-S6 24.00%
OT-2017-S7 24.00%

No dia 4 de Abril de 2018, o Presidente do Conselho de Administração da Bolsa de Valores de Moçambique, Salim Valá.

Proferiu a aula de sapiência na abertura do ano académico do Instituto Superior de Contabilidade e Auditoria de Moçambique (ISCAM).

A aula de sapiência subordinada ao tema “Mercado de Capitais e Sua Relevância para o Sistema Financeiro Moçambicano”, Ênfase para a Boa Corporação Governativa e o Empoderamento das Empresa, teve lugar nas instalações do ISCAM e contou com cerca de 250 alunos e alguns convidados e parceiros do ISCAM.

Na sua intervenção, Salim Valá, referiu qua a actual conjuntura macro-económica, o elevado custo do dinheiro no mercado bancário, a reduzida taxa de poupança doméstica e a baixa produtividade e lucratividade das empresas, faz com que o grosso das mesmas não tenham benefícios tangíveis da interação com o sistema financeiro, e ai pode surgir o Mercado de Capitais a ocupar o seu melhor espaço na economia moçambicana.  

A evidência empírica mostra que as empresas que adoptam praticas recomendáveis em termos de Boa Governação corporativa aumentam a confiança dos investidores e a liquidez do mercado, pelo que os mercados bolsistas estão dispostos a pagar mais pelas acções dessas empresas

Por fim, o orador exortou aos jovens estudantes a investigarem com profundidade o Mercado de Capitais, e as várias alternativas de financiamento e investimento que ela oferece à economia.

Na mesma ocasião a BVM e o ISCAM, assinaram um Memorando de Entendimento que visa estreitar relações de cooperação na promoção e desenvolvimento da formação e capacitação, troca de informação e investigação, e foi atribuída uma sala de aulas personalizada com a imagem BVM.

A parceria prevê ainda, a promoção de estudos, seminários e reflexões sobre a importância da prestação de informação financeira pelas empresas, no âmbito da Governação Corporativa, e a colaboração do Iscam na identificação de soluções para reduzir os custos das PME’s terem contabilidade organizada e contas auditadas.

Fotos do Evento