Bolsa de Valores de Mocambique
HCB 3,00
CDM 210.00
CMH 1,100,00
CETA 120,00
EMOSE 20,00
ZERO 20,00
TOUCH 100.00
ARCO 100.00
OT 2005 S2 8.00%
Moza Banco 2013 Sub 14.50%
Visabeira 2015 21.75%
OT 2015 S4 10.125%
OT 2015 S5 10.50%
OT 2015 S6 10.50%
STB 2015 S1 21.75%
STB 2015 S2 21.75%
STB 2015 S3 21.75%
BNI 2016 S1 15.00%
Bayport 2016 S1 26.50%
Bayport 2016 S2 27.25%
OT 2016 S1 11.00%
OT 2016 S2 12.75%
OT 2016 S3 16.125%
OT 2016 S6 14.00%
OT 2017 S1 15.625%
OT 2017 S2 14.625%
OT 2017 S3 15.00%
OT 2017 S4 15.125%
OT 2017 S5 14.5625%
OT 2017 S6 18.25%
OT 2017 S7 18.25%
CM 2017 19.50%
Millennium BIM 2017 15.75%
Opportunity Bank 2017 S1 19.25%
Bayport 2017 S1 24.50%
OT 2018 S1 14.50%
OT 2018 S2 14.625%
OT 2018 S3 14.5625%
OT 2018 S4 10.00%
OT 2018 S5 16.00%
OT 2018 S6 16.00%
OT 2018 S7 16.00%
OT 2018 S8 16.00%
OT 2018 S9 16.00%
OT 2018 S10 16.00%
OT 2018 S11 16.00%
OT 2018 S12 16.00%
OT 2019 S2 14.00%
OT 2019 S3 14.00%
Opportunity Bank 2018 S1 19.25%

O Decreto nº5/2013, de 22 de Março estabelece o regime jurídico das Obrigações do Tesouro e cria a figura dos Operadores Especializados em Obrigações do Tesouro (OEOT), cujas condições operacionais foram consolidadas pelo respectivo Diploma Ministerial.

Este instrumento legal para além de formalmente estruturar o sistema de emissão e subscrição (mercado primário) das Obrigações do Tesouro, visa responder a preocupação do Governo em garantir que um leque alargado de pessoas, colectivas e singulares, tenha acesso a estes títulos.

Aos OEOT cabe também a função de assegurar o funcionamento do mercado, garantindo a liquidez das Obrigações do Tesouro admitidas à cotação na Bolsa de Valores de Moçambique (BVM), através da inserção de ordens de compra e de venda no sistema negociação. Esta liquidez mínima visa permitir que, por um lado, quem queira comprar Obrigações do Tesouro efectivamente encontre posições de venda no mercado, e por outro lado, quem necessite de vender os títulos que detenha encontre propostas de compra no mercado.

É de se referir que os OEOT, instituições financeiras com acesso privilegiado às emissões de Obrigações do Tesouro, são uma realidade na generalidade das economias desenvolvidas e em desenvolvimento, assumindo a designação de Primary Dealers.

Nessa sequência, aderira, ao Estatuto de OEOT, as seguintes Instituições Financeiras:

  • AFRICAN BANKING CORPORATION (MOÇAMBIQUE), SA ;
  • BANCO COMERCIAL E DE INVESTIMENTOS, SA ;
  • BANCO INTERNACIONAL DE MOÇAMBIQUE, SA ;
  • BANCO MERCANTIL E DE INVESTIMENTOS, SA ;
  • BANCO NACIONAL DE INVESTIMENTO, SA ;
  • BANCO PROCREDIT, SA ;
  • BANCO TERRA, SA ;
  • BARCLAYS BANK MOÇAMBIQUE, SA ;
  • BPI DEALER (MOÇAMBIQUE), SA ;
  • COOPERATIVA DE POUPANÇA E CRÉDITO, SCRL ;
  • FNB MOÇAMBIQUE, SA ;
  • MOZA BANCO, SA ;
  • STANDARD BANK, SA ; E
  • UNITED BANK FOR AFRICA MOÇAMBIQUE, SA

A cerimónia de atribuição por Sua Excelência o Ministro das Finanças da Certificação de Operadores Especializados em Obrigações do Tesouro, realizou-se no dia 24 de Abril corrente, com início as 15h00, no Gabinete do Ministro.

Fotos da cerimónia