Bolsa de Valores de Mocambique
CDM 230.00
CMH 1200,00
CETA 120,00
EMOSE 17,00
ZERO 20,00
TOUCH 100.00
ARCO 100.00
OT 2005 S2 8.00%
Moza Banco 2013 Sub 14.50%
Visabeira 2015 21.75%
OT 2015 S4 10.125%
OT 2015 S5 10.50%
OT 2015 S6 10.50%
STB 2015 S1 21.75%
STB 2015 S2 21.75%
STB 2015 S3 21.75%
BNI 2016 S1 15.00%
Bayport 2016 S1 26.50%
Bayport 2016 S2 27.25%
OT 2016 S1 11.00%
OT 2016 S2 12.75%
OT 2016 S3 16.125%
OT 2016 S6 14.00%
OT 2017 S1 15.625%
OT 2017 S2 14.625%
OT 2017 S3 15.00%
OT 2017 S4 15.125%
OT 2017 S5 14.5625%
OT 2017 S6 18.25%
OT 2017 S7 18.25%
CM 2017 19.50%
Millennium BIM 2017 15.75%
Opportunity Bank 2017 S1 19.25%
Bayport 2017 S1 24.50%
OT 2018 S1 14.50%
OT 2018 S2 14.625%
OT 2018 S3 14.5625%
OT 2018 S4 10.00%
OT 2018 S5 16.00%
OT 2018 S6 16.00%
OT 2018 S7 16.00%
OT 2018 S8 16.00%
OT 2018 S9 16.00%
OT 2018 S10 16.00%
OT 2018 S11 16.00%
OT 2018 S12 16.00%
OT 2019 S2 14.00%
OT 2019 S3 14.00%
Opportunity Bank 2018 S1 19.25%
Opportunity Bank 2018 S2 21.50%

No âmbito da parceria entre a Bolsa de Valores de Moçambique a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA).

Nos dias 14 e 15 de Março de 2019, a BVM participou na Conferência Anual do Sector Privado (CASP), que decorreu este ano sob o lema  “Melhorando o Ambiente de Negócios para Acelerar a Recuperação Económica: Agro- Negócio como factor Acelerador”.

Durante o evento, o PCA da BVM, Salim Cripton Valá, foi o “Key Note Speaker” no painel que se debruçou sobre as “Alternativas de Financiamento as PME´s”, no dia 13 de Março corrente. Valá defendeu que o mercado de capitais pode ser parte da solução para o difícil acesso das PME´s ao financiamento, e que a Bolsa de Valores serve também para fomentar a inovação, o empreendedorismo, a boa governação corporativa e a ética nos negócios. Enfatizou que a BVM tem as PME´s no seu radar e desde 2009 possui um mercado específico para esse tipo de empresas, estando a reflectir sobre a necessidade de ter um mercado para as “start-up”.

Na sua explanação, o PCA da BVM apontou que há boas experiências em África de uso de mecanismos inovadores de financiamento às PME´s, destacando as iniciativas como “Crowdfunding”, “Business Angels”, “Leasing”, “Factoring”, Fundos de Capital de Risco, Microfinanças, que Moçambique pode adoptar.

Inspirando-se na visão do Prof. Muhammad Yunus, autor do livro “O Banqueiro dos Pobres e laureado com o Prémio Nobel da Paz, em 2006, advogou que é preciso acreditar e ter confiança nas PME´s, nas mulheres e nos jovens empreendedores, e nas tecnologias. Sem essa crença, dificilmente teremos inclusão financeira.

No âmbito da CASP, a BVM expôs os  seus produtos e serviços na “Expo CASP”, feira especializada para empresas fornecedoras de bens e serviços para o sector de petróleo, gás e indústria extractiva, bem como instituições de promoção económica e do sistema financeiro. Nesse contexto, teve o prazer de receber, no seu stand, a visita de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República de Moçambique, no dia 14 de Março corrente.

Fotos do Evento