Bolsa de Valores de Mocambique
CDM 230.00
CMH 900,00
CETA 120,00
EMOSE 18,00
ZERO 20,00
TOUCH 100.00
ARCO 100.00
OT 2005 S2 8.00%
Moza Banco 2013 Sub 14.50%
Visabeira 2015 22.50%
OT 2015 S4 10.125%
OT 2015 S5 10.50%
OT 2015 S6 10.50%
STB 2015 S1 22.50%
STB 2015 S2 22.50%
STB 2015 S3 22.50%
BNI 2016 S1 15.00%
Bayport 2016 S1 26.50%
Bayport 2016 S2 26.50%
OT 2016 S1 11.00%
OT 2016 S2 12.75%
OT 2016 S3 16.125%
OT 2017 S1 17.875%
OT 2017 S2 16.00%
OT 2017 S3 15.8750%
OT 2017 S4 16.50%
OT 2017 S5 15.75%
OT 2017 S6 18.25%
OT 2017 S7 18.25%
CM 2017 19.50%
Millennium BIM 2017 16.50%
Opportunity Bank 2017 S1 21.25%
Bayport 2017 S1 24.50%
OT 2018 S1 19.00%
OT 2018 S2 10.00%
OT 2018 S3 10.00%
OT 2018 S4 10.00%
OT 2018 S5 16.00%
OT 2018 S6 16.00%
OT 2018 S7 16.00%
OT 2018 S8 16.00%
OT 2018 S9 16.00%
OT 2018 S10 16.00%
OT 2018 S11 16.00%
OT 2018 S12 16.00%
OT 2019 S2 14.00%
OT 2019 S3 14.00%
Opportunity Bank 2018 S1 20.00%
Opportunity Bank 2018 S2 21.50%
BAYPORT 2018 S1 21.14%

INSTRUÇÃO DOCUMENTAL DOS PROCESSOS DE ADMISSÃO À COTAÇÃO DE ACÇÕES 

1. Cópia das actas, deliberações ou resoluções dos órgãos sociais da entidade emitente, ou, quando for o caso, dos diplomas ou actos administrativos que, nos termos das disposições legais e estatuárias aplicáveis, aprovaram a emissão. 

2. Exemplar actualizado dos estatutos da entidade emitente. 

3. Certidão do registo comercial ou, tratando-se de entidade não sujeita a registo comercial, documento de igual força emanado por quem tenha poderes para o efeito, comprovativa da existência e data de constituição da entidade emitente, do montante do seu capital social e da identificação de todos os membros dos seus órgãos de administração e fiscalização. 

4. Relatórios de gestão, contas e pareceres do órgão de fiscalização da entidade emitente relativos aos dois últimos exercícios, ou apenas aos exercícios decorridos, se tiver sido constituída há menos de dois anos. 

5. Relatório de auditoria da entidade emitente realizado por auditor independente autorizado pelo Ministério do Plano e Finanças, caso os documentos a que se refere o ponto anterior não tenham já sido objecto de certificação por um auditor que preencha tais requisitos.

6. Certificado emitido pela entidade emitente ou intermediário financeiro onde a conta tenha sido aberta comprovando a existência da conta de registo da emissão,

7. Indicação dos detentores do capital social da sociedade, sob a forma de listagem, com discriminação das respectivas participações sociais, devendo ser fornecidas fotocópias das folhas do livro de presenças na mais recente Assembleia Geral efectuada, sem prejuízo da apresentação, caso exista, de documento mais recente demonstrativo da informação em causa. 

8. Projecto de prospecto de admissão à cotação. 

Mais detalhes sobre os montantes requeridos para a  admissão à cotação podem ser consultados no Regulamento sobre os Montantes Mínimos