Increase Size Decrease Size Reset font to default

Missão

Promover a captação, mobilização e alocação dos recursos financeiros, de forma eficiente, eficaz e transparente, para satisfazer as necessidades de financiamento dos agentes económicos, promovendo o desenvolvimento sustentável da economia.

Visão

Ser referência na oferta de oportunidades de conversão da poupança em investimento produtivo, contribuindo para o crescimento da economia e para a inclusão social e financeira.

Valores

• Transparência, credibilidade e equidade; • Conhecimento, competência e ética profissional; • Iniciativa, Inovação e Modernização; • Parceria e Colaboração Institucional; • Liderança e valorização Pessoal; • Patriotismo e responsabilidade social.

   

Sessão de Bolsa de 17 de Fevereiro de 2017

Capitalização Bolsista 2017

BVM conta com novo Conselho de Administração PDF Imprimir E-mail

O Ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, nomeou Salim Cripton Valá para o cargo do Presidente do Conselho de Administração da Bolsa de Valores de Moçambique. Até a data da sua nomeação, Salim Cripton Valá era Conselheiro do Presidente da República para Assuntos Económicos e de Desenvolvimento.

Salim Cripton Valá substitui, no cargo, Anabela Chambuca, que dirigiu a BVM desde Abril de 2012 e agora nomeada Directora do Gabinete da Esposa do Presidente da República.

Valá é quadro sénior da função pública, com grau de mestre em Desenvolvimento Agrário e especialista em Gestão do Desenvolvimento Local. Durante cinco anos dirigiu a Direcção Nacional de Promoção de Desenvolvimento Rural, e em 2010 foi nomeado Secretário Permanente do então Ministério da Planificação e Desenvolvimento.

Importa referir que, em despachos separados, foram empossados igualmente, Ilídio Guibalo para o cargo de Administrador Executivo do Pelouro de Administração e Finanças, e Ivan Pereira para Administrador Executivo do Pelouro de Operações e Mercados, tendo Gabriel Muthisse sido nomeado como Administrador não Executivo.

No acto da apresentação do novo dirigente da bolsa, o titular da Economia e Finanças, instou o novo Conselho de Administração a dar continuidade ao trabalho dos seus antecessores, com o zelo e dedicação que deve reger o exercício das suas funções.

Recomendou ainda aos nomeados sobre a necessidade de expansão e dinamização do segundo mercado de bolsa, não só por ser uma fonte alternativa de financiamento para as Pequenas e Médias Empresas, como também, pelo facto de estarem cotadas na Bolsa de Valores, e isso poder servir como reconhecimento do seu mérito empresarial.

Espera igualmente, que o novo elenco consiga captar mais e melhores empresas para a bolsa e dar uma maior visibilidade e dinamismo ao mercado de capitais em Moçambique.

Fotos do Evento


 
BVM e FSDMoç Cooperam em Projectos de Inclusão Financeira PDF Imprimir E-mail

A Bolsa de Valores de Moçambique (BVM) e a Financial Sector Deepening Moçambique (FSDMoç), assinaram no passado dia 14 de Outubro um Memorando de Entendimento que tem como objectivo a colaboração conjunta das duas instituições em projectos de interesse comum no âmbito da Inclusão Financeira em Moçambique.

A FSDMoç é um programa financiado pelo DFID (Departamento para o Desenvolvimento Internacional do Reino Unido) que visa apoiar e promover iniciativas de Inclusão Financeira que possam contribuir para a existência de um sector financeiro moçambicano mais competitivo e abrangente, concorrendo para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique.

Importa relevar que este programa pretende ainda (1) fortalecer os serviços financeiros prestados pelo sector privado, (2) criar ligações entre os utentes finais e os fornecedores destes serviços, assim como (3) promover as parcerias público-privadas, tornando desta forma o acesso aos serviços financeiros mais facilitado para todos, em particular, para as Pequenas e Médias Empresas (PMEs), e para os Pequenos Agricultores e Agregados Familiares.

A BVM, no âmbito das suas competências e responsabilidades, está fortemente empenhada na promoção e desenvolvimento de um mercado de capitais sólido, diversificado, competitivo e inclusivo, que assegure uma maior protecção dos seus intervenientes, em consonância com a Estratégia para o Desenvolvimento do Sector Financeiro 2013-2022 e a Estratégia Nacional de Inclusão Financeira 2016-2022, aprovadas pelo Governo, pelo que consideramos que os interesses da BVM e da FSDMoç são complementares e convergentes com os seus objectivos na implementação de projectos concorrentes para uma maior Inclusão Financeira em Moçambique.

Fotos do Evento

 
Moçambique na 9ª Cimeira “Africa Investor (AI) CEO Institutional Investment” PDF Imprimir E-mail

Durante o mês de Setembro, a Presidente da BVM, Anabela Chambuca, deslocou-se aos EUA, integrada na comitiva presidencial de S.Excia o Presidente da Republica, Engº Filipe Nyusi, tendo participado também em dois eventos, a 9ª Cimeira do “Africa Investor (AI) CEO Institutional Investment” organizada pela NASDAQ, e no fórum de negócios EUA -África organizado pelo Departamento do Comércio dos EUA e pela Bloomberg.

Na cimeira do Africa Investor (Ai) CEO Institutional Investment, o tema principal foi o papel dos fundos de pensões em Africa e o seu contributo para desenvolvimento dos mercados de capitais africanos, tendo esta cimeira contado com a participação de lideres, investidores e presidentes de fundo de pensões de Africa e outras partes do mundo.

O Fórum de Negócios EUA-Africa contou com a participação de vários chefes do Estado, incluindo S.Excia o Presidente da Republica, Engº Filipe Nyusi, e S.Excia o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

 

Fotos do Evento

 
<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>

Pagina 1 de 2
Bolsa de Valores de Moçambique © Todos os Direitos Reservados