Increase Size Decrease Size Reset font to default

Missão

Promover a captação, mobilização e alocação dos recursos financeiros, de forma eficiente, eficaz e transparente, para satisfazer as necessidades de financiamento dos agentes económicos, promovendo o desenvolvimento sustentável da economia.

Visão

Ser referência na oferta de oportunidades de conversão da poupança em investimento produtivo, contribuindo para o crescimento da economia e para a inclusão social e financeira.

Valores

• Transparência, credibilidade e equidade; • Conhecimento, competência e ética profissional; • Iniciativa, Inovação e Modernização; • Parceria e Colaboração Institucional; • Liderança e valorização Pessoal; • Patriotismo e responsabilidade social.

   

Sessão de Bolsa de 25 de Maio de 2017

Emissão de Obrigações do Tesouro 2013 -1ª Série PDF  | Imprimir |  E-mail

Ao abrigo da Lei nº 1/2013, de 07 de Janeiro, que aprova o Orçamento do Estado para 2013, o Conselho de Ministros, através do Decreto nº 06/2013, de 22 de Março, autorizou S. Excia o Ministro das Finanças a contrair um empréstimo interno amortizável no montante máximo de 3.573,00 milhões Meticais, para o financiamento do Orçamento do Estado.

Para a operacionalização deste Decreto, por um lado, o Ministro das Finanças estabeleceu os mecanismos práticos de funcionamento do mercado primário e secundário das Obrigações do Tesouro e de acção dos Operadores Especializados em Obrigações do Tesouro (OEOT), estatuto criado através do Decreto nº 5/2013, de 22 de Março, estabelecendo as condições gerais da emissão, subscrição, e dispersão das obrigações, tendo por outro lado, aprovado o calendário de emissões de Obrigações do Tesouro para o presente ano.

É neste contexto, que a 26 de Abril de 2013, entre as 8:30 horas e às 15:00 horas, os OEOT apresentaram, junto à Bolsa de Valores de Moçambique (BVM), propostas de subscrição das Obrigações do Tesouro 2013 – 1ª Série, no valor de 447,00 milhões de Meticais, em resposta ao convite endereçado pela Direcção Nacional do Tesouro (DNT).

Participaram no processo de subscrição, os OEOT devidamente certificados a operar no mercado primário de Obrigações do Tesouro em Moçambique, tendo cada um apresentado 3 propostas de taxas de juros indicando para cada, o montante a que estariam dispostos a subscrever.

De acordo com as condições de cálculo da taxa de juro da emissão legalmente estabelecidas, a taxa de juro para as Obrigações do Tesouro 2013 – 1ª Série foi estabelecida em 7,5%, sendo a maturidade de 4 anos e pagamentos de juro semestralmente.

De referir que, as Obrigações do tesouro 2013 – 1ª Série, constituídas por 4.470.000 títulos, com o valor nominal de 100,00 MT cada uma, serão admitidas à negociação na Bolsa de Valores de Moçambique (BVM), na data de liquidação, dia 30 de Abril do corrente ano, cabendo aos OEOT assegurar a dispersão pelo público.

De acordo com o Plano de Endividamento e o respectivo Diploma Ministerial que aprova o calendário das emissões, estão ainda previstas mais 3 emissões de Obrigações do Tesouro, no exercício económico de 2013, até a importância máxima de 3.573,00 milhões Meticais.

Maputo, 29 de Abril de 2013

 
Obrigações do Tesouro 2012 PDF  | Imprimir |
Ofertas Públicas de Subscrição

Decorreu de 15 de Agosto à 21 de Agosto de 2012, o período de subscrição do empréstimo «Obrigações do Tesouro 2012» no montante de 3.150.112.400 MT (três mil cento e cinquenta milhões cento e doze mil e quatrocentos Meticais), representado por  31.501.124 (trinta e um milhões quinhentos e um mil e cento e vinte e quatro) obrigações emitidas em moeda nacional, com valor nominal de 100,00 MT (cem  Meticais) cada.

As «Obrigações do Tesouro-2012» são representadas por valores mobiliários escriturais, não havendo por isso lugar à emissão física de títulos, sendo a sua emissão e titularidade evidenciadas através da inscrição em conta de registo de emissão e contas de registo de titularidade.

As obrigações foram admitidas à cotação na Bolsa de Valores de Moçambique no dia 22 de Agosto de 2012.

 

Resultados da Operação:

OT- 2012 Ordens de Subscrição apresentadas Atribuição de Garantia Atribuição por Rateio e Lotes Atribuição Final
Intituições Financeiras 8 8 7 8
Valor MT 7.197.234.000 1.125.000.000 2.025.112.400 3.150.112.400

 

Veja para mais detalhes:

Ficha Técnica da Emissão

 
Oferta Pública de Subscrição da CDM PDF  | Imprimir |
Ofertas Públicas de Subscrição

Decorreu de 03 à 18  de Janeiro de 2012, o período de subscrição de  9.681.244 (nove milhões, seiscentas e oitenta e uma mil, duzentas e quarenta e quatro) acções  escriturais e ao portador, com valor nominal unitário de 2,00 MT (dois Meticais) representativas de, aproximadamente  8,637% do actual capital social das Cervejas de Moçambique, S.A.

A  OPS, compreendeu a subscrição das  acções , pelo preço unitário de 113,62 MT (cento e treze Meticais e sessenta e dois centavos).

As acções foram subscritas pelos aos accionistas da CDM à data de 13 de Outubro, data da realização da Assembleia Geral Extraordinária, através das instituições financeiras autorizadas a exercer a actividade de intermediação em valores mobiliários.

 

Resultados da Operação:

OPS Cervejas de Moçambique, S.A
Ordens de Subscrição apresentadas Atribuição de Garantia Atribuição por Rateio e Lotes Atribuição Final
Ordens 821 821 105
821,
Valor MT 19.400.596 9.449.472 231.772 9.618.244

 

Veja para mais detalhes:

Anúncio de Lançamento.

Aviso de Sessão Especial de Bolsa.

 
Obrigações do Tesouro 2011 PDF  | Imprimir |
Ofertas Privadas de Subscrição

Decorreu de 26 de Novembro à 6 de Dezembro de 2011, o período de subscrição do empréstimo «Obrigações do Tesouro 2011» no montante de 2.618.617.000 MT (dois mil seiscentos e dezoito milhões seiscentos e dezassete mil Meticais), representado por  26.186.170 (vinte e seis milhões cento e oitenta e seis mil e cento e setenta) obrigações emitidas em moeda nacional, com valor nominal de 100,00 MT (cem  Meticais) cada.

As «Obrigações do Tesouro-2011» são representadas por valores mobiliários escriturais, não havendo por isso lugar à emissão física de títulos, sendo a sua emissão e titularidade evidenciadas através da inscrição em conta de registo de emissão e contas de registo de titularidade.

Esta operação representa, até a data de 07 de Dezembro de 2011, a maior operação na Bolsa de Valores de Moçambique.

 

As obrigações foram subscritas pelo público em geral através das instituições financeiras autorizadas a exercer a actividade de intermediação em valores mobiliários.

A taxa de juro é calculada no final de cada cinco semestres, sendo que ao final de cada semestre haverá lugar ao pagamento de juros intercalares.

As obrigações foram admitidas à cotação na Bolsa de Valores de Moçambique no dia 7 de Dezembro de 2011.

 

Resultados da Operação:

OT- 2011 Ordens de Subscrição apresentadas Atribuição de Garantia Atribuição por Rateio e Lotes Atribuição Final
Intituições Financeiras 8 8 5 8
Valor MT 7.197.234.000 610.000.000 2.008.617.000 2.618.617.000

 

Veja para mais detalhes:

Ficha Técnica da Emissão (PT)

Term Sheet

 


Bolsa de Valores de Moçambique © Todos os Direitos Reservados