Increase Size Decrease Size Reset font to default

Missão

Promover a captação, mobilização e alocação dos recursos financeiros, de forma eficiente, eficaz e transparente, para satisfazer as necessidades de financiamento dos agentes económicos, promovendo o desenvolvimento sustentável da economia.

Visão

Ser referência na oferta de oportunidades de conversão da poupança em investimento produtivo, contribuindo para o crescimento da economia e para a inclusão social e financeira.

Valores

• Transparência, credibilidade e equidade; • Conhecimento, competência e ética profissional; • Iniciativa, Inovação e Modernização; • Parceria e Colaboração Institucional; • Liderança e valorização Pessoal; • Patriotismo e responsabilidade social.

   

Sessão de Bolsa de 24 de Maio de 2017

Glossário de Bolsa PDF Imprimir
Índice do Artigo
Glossário de Bolsa
Página 2
Todas as Páginas
 
Aquisição Potestativa - compra das restantes acções de uma sociedade em virtude de ter adquirido mais de 90% dos direitos de voto de uma Sociedade em resultado de uma OPA, mesmi que os titulares das mesmas não consintam a venda.
 
Assembleia geral - orgão das sociedades anónimas em que participam os detentores de acções, um representante dos detentores de obrigações e um representante dos detentores de títulos de participação.

Autoridades competentes - as pessoas e entidades, públicas ou privadas, responsáveis pela organização e funcionamento dos mercados de valores mobiliários ou pelo controlo das actividades que nele se desenvolvem bem como do cumprimento das disposições legais e regulamentares que lhes respeitam;

Carteira ( de activos; de valores mobiliários; do fundo) - conjunto de bens (valores mobiliários, imóveis ou dinheiro).

Certificados - valores mobiliários que atribuem ao titular o direito a receber em dinheiro o valor de determinado activo subjacente nas condições fixadas na deliberação de emissão.

Cotação - preço de um valor mobiliário formado no mercado de bolsa a contado e que resulta do encontro da oferta e da procura.

Dividendos - montante em dinheiro que os titulares de acções recebem, a título de participação nos lucors das empresas. A sua distribuição (e respectivo pagamento) depende da existência de lucros e da política de distribuição de dividenos seguida por cada sociedade.

Emissão - operação pela qual os valores mobilíarios são criados e oferecidos aos investidores que os queiram adquirir. A emissão e subscrição são operações que ocorrem no mercado primário. Este opõe-se ao mercado secundário de que o exemplo mais conhecido é o mecado de bolsa.

Entidades emitentes - as pessoas e entidades, públicas ou privadas, que emitam valores mobiliários;

Instituições de Crédito - empresas cuja actividade consiste em receber do público depósitos ou outros fundos reembolsáveis a fim de os aplicarem por conta própia mediante a concessão de crédito.

Intermediários financeiros ou intermediários autorizados - as pessoas e entidades, singulares ou colectivas, públicas ou privadas, legalmente habilitadas a exercer nos mercados de valores mobiliários, a título profissional, alguma actividade de intermediação financeira;
 
Investidores - as pessoas e entidades, públicas ou privadas, que, por si mesmas ou através de outras pessoas ou entidades, apliquem, transitória ou duradouramente, em valores mobiliários os meios financeiros de que são detentoras;
 

 
Bolsa de Valores de Moçambique © Todos os Direitos Reservados